Festival

Festival Arte Serrinha

Fábio Delduque, é o criador do Festival Arte Serrinha (São Paulo, BR), visitou Alvito em 1998 e juntamente com um conjunto de artistas europeus, projetou o evento Oliveira Milenar que contemplava residências artísticas para 20 artistas, na Vila de Alvito, inspirados em festejar o milénio da Oliveira milenar que existe junto ao Castelo – conhecida em Alvito como a “Oliveira dos Namorados”. As criações artísticas seriam propriedade da comunidade e ficariam na vila. Este projecto, por contingências da vida acabou por ficar só em papel mas, passado duas décadas, e porque as ideias têm uma vida própria, acabou por inspirar os agora Encontros de Alvito – Arte, Ciência e Ecologia, que Gonçalo Pôla fez emergir, juntamente com 4 dos elementos originais do grupo, Katrin Sinniger, Lucilia Penedo, Luís Christello, Fábio Delduque e Ronaldo Bonacchi.

Festival Arte Serrinha

A Serrinha é um bairro rural de Bragança Paulista, uma região de mananciais no início da Mantiqueira, às margens da represa do Rio Jaguari, de onde vem parte da água que se bebe na cidade São Paulo.  

Foi também na Serrinha que se encontraram, no início dos anos 1990, duas famílias com propriedades centenárias que, depois de viverem o ciclo do café e testemunharem o declínio de suas atividades agropecuárias nos anos 1960, reinventaram-se a partir de um projeto comum que reúne cultura, educação, turismo e desenvolvimento sustentável.

Festival Arte Serrinha
Festival Arte Serrinha
Festival Arte Serrinha

A Fazenda Serrinha é reconhecida como reserva ecológica particular e funciona como centro de vivências e experimentações culturais e ambientais. É onde acontece a maior parte das atividades do Festival Arte Serrinha, como oficinas, debates, pocket shows e performances artísticas. A Fazenda também abriga o Parque Natural Arte Serrinha que possui trilhas para caminhada, um mirante panorâmico, obras de arte na paisagem e o Espaço Energia, um centro cultural e educativo construído com containers.